domingo, 3 de fevereiro de 2013

Bolinhas de inhame e crumble de maçã













































A minha grande surpresa desta semana aconteceu na sexta-feira, quando recebi uma mensagem do Sr. Fernando Pinto a comunicar-me que tinha bardanas para venda, e que estaria no sábado no mercado Bio do Príncipe Real. Como podem imaginar fiquei radiante. Há anos que não como bardana e aprecio especialmente esta raiz exótica e muito rica.


Este fim de semana desenrolou-se num ritmo intenso: primeiro uma visita ao mercado biológico, depois uma passagem pelo supermercado Miosótis e finalmente o momento mais delirante das compras, que acontece sempre que visito o meu supermercado favorito, o Popat Store no Martim Moniz, onde os cheiros intensos e característicos dos produtos expostos adquirem uma magia singular.

Entretanto, as bardanas já estão armazenadas à espera de uma receita digna do seu estatuto de super raíz. E os legumes frescos que adquiri no mesmo mercado, fizeram as nossas delícias nas saladas que comemos no fim-de-semana. Rúcula, alface japonesa, rabanetes e muito mais...


Da cozinha, com amor, sugiro-vos, para hoje em louvor ao dia dos namorados, uma receita de inhame, comprado no supermercado indiano Popat Store. Receita esta, que estará certamente à altura de um jantar requintado  de um restaurante especial, mas neste caso, com a vantagem de poder confecionar em sua casa e evitar as filas habituais nestes dias especiais, que se não for a companhia, deixam qualquer um desmotivado...

Para o dia de São Valentim elaborei uma ementa  deliciosa que publico antecipadamente para que tenham tempo de adquirir os ingredientes.

Fica a sugestão:  um prato principal à base de inhame tostado, que aprendi com a minha querida amiga Laís, há anos, e que aprecio muito em ocasiões especiais.
O inhame é um rizoma muito saboroso que pode ser cozido, utilizado em sopas, purés, sobremesas, entre outras possibilidades. É rico em proteínas, fósforo e potássio e é considerado um substituto saudável da batata.
Ao comprar inhame tenha em conta que a textura deve ser áspera e uniformemente coberta de pêlo. Deve ser firme, sem áreas moles.
Acompanhe as bolinhas de inhame com arroz integral ou semi-integral e uma deliciosa vinagreta de rabanetes. 

Para finalizar, uma sobremesa apetitosa – trata-se da minha versão gulosa de um crumble de maçã.
Aqui fica o desafio: esperar na fila ou jantar na tranquilidade do lar?

Bon appétit!

Ingredientes para as bolinhas de inhame:






























5 inhames de tamanho médio
1 cenoura grande
1 cebola de tamanho médio
4 azeitonas pretas
1 colher de sopa de shoyu
1 colher de sopa de azeite
Sal q.b.

Lave os inhames e coza no vapor até ficarem macios mas sem se desfazerem.
Retire a pele e amasse com um garfo até ficar em puré. Reserve.
Pique a cebola e salteie no azeite até ficar macia.
Lave, corte e pique a cenoura.
Acrescente a cenoura à cebola. Tape o tacho e deixe apurar em fogo fraco até que fique macia. Tempere com um pouco de sal.
Tempere o inhame com o shoyu. Acrescente a cenoura e as azeitonas picadas. Envolva bem e forme bolinhas.
Para formar as bolinhas, humedeça ligeiramente as mãos.
Aqueça uma frigideira e toste as bolinhas de um lado e do outro até ficarem douradas. Tenha o cuidado de virar as bolinhas apenas quando a parte de baixo estiver bem tostada para que não se desfaçam.

Vinagreta de rabanetes:

1 cebola pequena
½ pimento verde
½ pimento vermelho
6 rabanetes
1 dente de alho picado
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
1 colher de sobremesa de shoyu

Descasque a cebola e corte em tiras finas.
Lave os pimentos e corte em tiras finas.
Lave os rabanetes e corte em rodelas finas.
Misture o azeite com o vinagre, o shoyu e o alho picado. Se achar necessário, coloque um pouco de sal.
Acrescente a cebola, os pimentos e os rabanetes. Envolva bem.





















Bon appétit!

© veggie delicious food,  Fevereiro 2013

Crumble de maçã com o meu toque pessoal:































Utilizei açúcar de coco que é um adoçante 100% natural e muito rico em magnésio, potássio, zinco e vitamina B1, 2,3 e 6.
O sabor é de chorar por mais...
E, se tem o meu toque pessoal, o chocolate não podia ficar esquecido.
Usei bolachas oreo para a base do crumble. Ok, não é uma bolacha que considere muito saudável mas de vez em quando não faz mal e é deliciosa. A ocasião justifica este pecado da boca...































Ingredientes:
1 kg de maçã de boa qualidade
200 gr de farinha de trigo
100 gr de açúcar de coco ( comprei em www.biosamara.pt)
125 gr de manteiga vegetal
1 colher de sobremesa de pó de cardamomo
1 colher de sopa de pó de canela
1 pitada de sal
1 pacote de bolachas oreo picadas.

Lavar as maçãs. Retirar a casca e cortar em lascas finas.
Dividir a quantidade de maçãs em duas partes iguais.
Salpicar uma das partes com gotas de limão e colocar a outra porção de maçã num tacho ao fogo.
Polvilhar com o pó de cardamomo e uma pitada de sal. Tapar e deixar em fogo fraco durante 3 minutos, mexendo de vez em quando.
Pré-aquecer o forno a 200º.
Misturar a farinha com a canela e acrescentar a manteiga à temperatura natural. Amassar com os dedos e acrescentar o açúcar de coco.
















Numa forma amovível colocar as bolachas oreo picadas e pressionar bem.
Colocar a maçã crua por cima das bolachas e por último a maçã que esteve a amolecer com o cardamomo.
Por último colocar a farinha e pressionar pequenas quantidades para que se afundem na maçã.
Alisar a superfície até que fique uniforme e levar ao forno durante 35 minutos.











































Bon appétit!
© veggie delicious food,  Fevereiro 2013

2 comentários:

  1. Se tiver o sabor igual ao aspeto, Será um obra prima de culinária. Adorei o blog. E bem vinda ao mundo dos blogs.

    ResponderEliminar